oncontextmenu='return false' onselectstart='return false'>expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

20 abril 2016

1

Chupeta, amiga ou vilã?



Olá Mammys, tudo bem?

Temos o grande prazer em apresentar-lhes a nossa mais nova colunista do Prioridade de Mãe, a Fonoaudióloga Luana Cruz. Ela abordará assuntos de interesse de todas as mamães sobre o desenvolvimento da comunicação que ocorre nas crianças. Confira abaixo o seu primeiro artigo.

Chupeta, beneficios, maleficios

O uso da chupeta surgiu há séculos como instrumento para auxiliar as mamães e papais na hora de acalmar seus bebês. Há quem goste e há quem não goste. Esse assunto é bastante polêmico entre os pais e profissionais da saúde.
O ato de chupar a chupeta acalma o bebê, ajuda a dormir e alivia a dor, pois ao sugar a chupeta os batimentos cardíacos do bebê ficam mais regulares. A chupeta também vem para auxiliar bebês prematuros que estão com dificuldades para aprender a mamar tanto no seio, como na mamadeira. Ao chupar a chupeta o bebê treina o movimento de sucção e isso o ajuda a se alimentar.
Já o uso prolongado da chupeta pode trazer algumas desvantagens. Existe uma ligação muito forte do uso prolongado com infecções no ouvido (otites). Acredita-se que o uso de chupeta por muito tempo pode ocasionar a migração de infecções para ouvido médio e garganta. Pode também ocasionar problemas no desenvolvimento dos dentes, principalmente se a criança ainda tiver o hábito quando os dentes permanentes já estiverem nascendo. Esses problemas costumam exigir o uso de aparelhos ortodônticos.

chupeta pode prejudicar também no processo de desenvolvimento e aquisição da fala. Com o uso contínuo os bebês não conseguem emitir alguns sons que são importantes no processo de aprender a falar. Em crianças maiores, ela inibe a fala e acaba atrapalhando no seu desenvolvimento normal.

Como deve funcionar o uso da chupeta?
chupeta se usada de forma correta será uma forma de beneficiar o bebê. Escolha sempre as que possuem formato ortodôntico, que sejam adequadas para a idade do bebê (olhar a embalagem), mantenha sempre limpa e esterilizada e limite o uso somente para hora de dormir ou em casos de extrema necessidade (dores).

O comum é os pais começarem a tirar a chupeta por volta dos 2 anos, a necessidade de sucção é muito maior nos primeiros meses de vida. Não deixe que o uso da chupeta vire um vício para o bebê, especialmente durante o dia. Identifique os sinais de que seu filho está pronto para largar a chupeta e aproveite o momento.

Fga. Luana Cruz.

       

Espero que tenham gostado.

Grande Beijo, meu e das pequenas.


Um comentário :

  1. Minhas filhas nunca pegaram chupeta, tentei, mas, elas sempre rejeitavam.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, porque eu adoro! :)

Grande Beijo, meu e das pequenas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Layout: Prioridade de Mãe/ Designer: Acessórios e Personalizações de Blogs Tecnologia do Blogger | Todos os direitos reservados ©2013