oncontextmenu='return false' onselectstart='return false'>expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

24 setembro 2014

4

Presente do Dia das Crianças x Educação Financeira



Vem chegando o dia das crianças e o meu filho já vai sacodindo o cofrinho...

Outro dia na página do blog Prioridade de Mãe, falamos sobre o que comprar para o dia das crianças, então resolvi contar o que faço lá em casa com meu pequeno e também como oriento as mães lá no consultório em relação a tanta data em que temos que gastar dinheiro.

Logo no começo do ano separamos uns três cofrinhos e a medida do tempo vamos abastecendo de acordo com o merecimento do meu filho. Eu faço desse jeito: Temos uma planilha (pode ser um calendário) de comportamento com aquelas carinhas, pois meu filho ainda não está na idade de ler, e ao final do dia avaliamos se foi bom, mais ou menos ou ruim o comportamento dele. Aí, basta marcar naquele dia o comportamento equivalente, somente o recompensamos no final de cada semana. É bem fácil e ele pode se auto avaliar, além de ainda podermos conversar sobre o que aconteceu naquele dia.



Não tem receita, o importante é que você faça a combinação com seu filho. Lá em casa fazemos isso desde os três anos. São três ou quatro cofrinhos, começamos sempre no começo do ano, ele é quem administra onde quer colocar as moedinhas que ganhou. Não é muito dinheiro, mas dá para trabalhar a educação financeira com seus filhos e ajuda a formar um consumidor consciente. O cofrinho do aniversário dele foi aberto agora em agosto e rendeu 96,00 reais, como ele ganhou bastante presente, combinamos que não precisava comprar nada. Depositei o dinheiro, isso foi um pouco mais difícil, pois ele não entende muito o porquê o dinheiro teve que ir para o banco, daí eu explico quase toda semana que aquele dinheiro está guardado para gastar quando for necessário. No caso de ele querer alguma coisa que precise inteirar eu também faço, afinal, sou mãe e não resisto a dar ao meu filho o que ele deseja. 

Quando sugiro que as mães façam isso com seus filhos elas primeiro ficam desconfiadas, mas logo começam a me devolver as experiências positivas, e, além disso, as crianças adoram esse tipo de responsabilidade. Isso também serve com os adolescentes, e você ainda pode adicionar responsabilidades para eles. Nada na nossa vida tem que ser uma ditadura, tem que gerar prazer, no meu caso dá muito certo.


Um Forte abraço,
Renata Batista


Psicopedagoga e Mãe de Felipe.
ABPp-RJ: 0999


(21) 3242-2200



                         

4 comentários :

  1. Que post ótimo, o ruim é que nem sempre as crianças aceitam não receber o presente, mas isso depende de cada criação.

    ResponderExcluir
  2. Menina

    Estou pecando nisto, pq não trabalho com o meu.
    Nem a mesada introduzi.
    O que eu já percebi é assim se ele tem dinheiro enqto não gasta não sossega.
    Já conversamos sobre isso, pq é um descontrole.
    E tem que ser evitado desde já, pq adulto descontrolado financeiramente é um grande problema.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post e super pertinente a data amiga!

    Beijos
    http://meus-sonhos-meus-pesadelos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. amei...é uma otima ideia e tem que começar desde cedo pra criar uma criança consciente

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, porque eu adoro! :)

Grande Beijo, meu e das pequenas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Layout: Prioridade de Mãe/ Designer: Acessórios e Personalizações de Blogs Tecnologia do Blogger | Todos os direitos reservados ©2013