oncontextmenu='return false' onselectstart='return false'>expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

07 julho 2014

3

A volta ao trabalho: Dicas para o Bebê não desmamar.


Olá Mãezinhas, tudo bem com vocês?


Hoje falaremos sobre A volta ao trabalho e algumas Dicas para o Bebê não desmamar.


A volta ao trabalho é um momento muito temido pelas mamães. 
Após o fim dos 120 dias de licença-maternidade ou os abençoados 180 dias, que algumas mamães tem o privilégio de desfrutar, ou seria o bebê? Se o empregador aderir ao Programa Empresa Cidadã da Receita Federal. 
Enfim... Aparecem os questionamentos: será que o meu bebê rejeitará o seio e vai parar de mamar?

Vamos conferir algumas dicas que podem garantir que seu bebê continue mamando no seio por muito tempo após a volta ao trabalho.

A primeira dica é tentar prolongar a licença-maternidade. Se conseguir tire férias, isso garante mais um mês de aleitamento exclusivo. Ou se a mamãe ou bebê apresentar algum problema de saúde é possível prolongar por mais 15 dias ou mais, apresentando atestado médico a empresa.

Se você sabe o dia que vai voltar a trabalhar calcule uns 15 dias antes para iniciar a introdução das papinhas de frutas ou legumes, de acordo com a idade do bebê. Ofereça duas papinhas de legumes e duas de frutas durante o dia.
Amamente antes de sair de casa e assim que voltar do trabalho, e se na madrugada o bebê quiser mamar, ofereça o seio também. 

A CLT garante dois intervalos de 30 minutos cada durante o horário de trabalho até o bebê completar 6 meses. Se você trabalhar próximo de sua casa, você pode dar um fugidinha e amamentar o bebê, ou combinar na empresa de juntar os dois intervalos e sair mais cedo ou tirar essa 1 hora e ir em casa amamentar.

Faça ordenha do leite, duas a três vezes por dia em um ambiente limpo e propício para isso, como em uma sala reservada.
Nunca faça no banheiro pois o ambiente é contaminado por coliformes fecais. 
Após a ordenha armazene na geladeira e leve para casa em uma bolsa térmica ou isopor com gelo para garantir que chegue resfriado em casa. 

Além de garantir que o bebê se alimente com o seu leite a ordenha diária estimula o corpo a continuar produzindo leite, prolongando o aleitamento.

Lembrando que o leite pode ser estocado no freezer por até 3 meses e na geladeira por 24 horas.

As fórmulas e leite de outra espécie que não seja o leite materno devem ser evitados. 

Esse tipo de leite só é indicado em casos extremos, no caso as mães que não produzem leite, ou portadora de alguma doença.


Espero que tenham gostado.


Grande Beijo, meu e das pequenas.



3 comentários :

  1. A minha irma quando teve bebe ela tirava o leite e guardava na geladeira pra nós darmos pro meu ssobrinho e depois na hora do almoço ela vinha e dava de mamar de novo e o bebe só dormia nao chorava muito.Acho super importante a amamentação para a criança....acredito que deixa a criança mais forte.

    ResponderExcluir
  2. Tão difícil, muitas não conseguem voltar, pois não querem deixar seus filhotes.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Deve ser muito difícil para uma Mãe deixar seu filho em casa com outra pessoa e ir trabalhar, mesmo que a pessoa seja de confiança, acho que a Mae se sente um pouco triste, não sei.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, porque eu adoro! :)

Grande Beijo, meu e das pequenas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Layout: Prioridade de Mãe/ Designer: Acessórios e Personalizações de Blogs Tecnologia do Blogger | Todos os direitos reservados ©2013